Os perigos do fumo durante a plástica

On 24 de Setembro de 2012, in Cuide-se, by cirurgiaplastica
0

É fumante e quer fazer plástica? Fique atenta, pois fumar pode aumentar em até 4 vezes as complicações durante a cirurgia, tanto no pré, quanto no pós-operatório. As complicações podem ser respiratórias e de cicatrização, além do fumo elevar a produção de radicas livres, que proporciona envelhecimento precoce.

Nos casos em que se realizam cirurgias com amplos descolamentos, como é o das cirurgias plásticas, a tendência é de haver um risco maior de comprometimento do processo de cicatrização. Isso pode levar ao surgimento de necroses teciduais, deiscências de suturas (afastamentos das partes costuradas) e de coleções líquidas, dentre outras complicações.

Parando de fumar

Por todos esses motivos, recomenda-se que o fumo seja cortado no pré-operatório (pelo menos 1 mês antes da cirurgia) e no pós-operatório (por tempo indeterminado).

Lembre-se que o tabagismo ainda contribui para a tosse e infecções respiratórias, o que pode aumentar a pressão arterial ocasionando sangramentos, além da grande possibilidade de ‘estourar os pontos’ em cirurgias como abdominoplastia ou plástica e implante de mamas. Mas, não é só isso, na cirurgia plástica de nariz a mucosa nasal pode ficar mais sensível durante a fase de recuperação, sem falar que o tabagismo também aumenta muito a chance de necrose (morte da pele) em casos de operações ou lifting faciais.

4 dicas que te ajudam a evitar queloides pós-operação

On 15 de Maio de 2012, in Procedimentos, by cirurgiaplastica
0

Se você tem tendência a ter queloide, não fique com medo de fazer cirurgia plástica, pois hoje em dia já existem meios de  evitar o problema. Os cuidados devem ser tomados durante os três primeiros meses pós-operação:

- Bandana elástica e fita de silicone

As bandanas elásticas e as fitas de silicone comprimem a região operada, o que diminui o fluxo de sangue e evita a produção excessiva de colágeno. É por inibir o estímulo à cicatrização que evita a formação da queloide.

Os preços das bandanas variam entre R$180 e R$300 e são indicadas pelo cirurgião. O uso é de 3 meses, por isso é preciso ter a higiene e cuidados necessários para manter a elasticidade e pressão certas que evitam a queloide. Cuidados: lave com água corrente, seque com ventilador, coloque em um saco plástico e coloque no freezer por 20 minutos.

Já as fitas de silicone têm uma vantagem: são enriquecidas com óleo mineral que mantém a cicatriz hidratada, inibindo a coceira no local. As tiras devem ser cortadas no tamanho da área a ser tratada e fixadas no local por, no mínimo, 12 horas. É durante o banho que recomenda-se a retirada da fita. Após o uso, lave-a com sabonete neutro, enxague com bastante água morna e deixe secar naturalmente. A mesma tira pode ser usada por 20 dias e podem ser encontradas em farmácias e drogarias por a partir de R$30.

- Cremes com corticoide 

O paciente pode usar cremes com corticoide para inibir o estímulo e produção de colágeno na cicatriz, mas somente se for recomendado por um especialista que supervisione o período de aplicação. É preciso ter muito cuidado pois o uso incorreto (fora da cicatriz) pode provocar lesões na pele.

- Pomadas de silicone

É recomendado para locais que não tenham contato com roupa, como mãos, rosto e pescoço ou que seja de difícil acesso para a fita, como o umbigo. É de fácil aplicação e não necessita de nenhum tipo de bandagem de compressão. O ideal é usar uma camada fina e reaplicá-la depois de 12 horas. Um tubo de 15g da pomada custa cerca de R$ 70.

- Evite o sol

Mesmo que o sol não seja responsável pelo aumento e inchaço das cicatrizes, ele estimula a produção de melanina na região, deixando-a mais propensa à pigmentação, resultando em uma área mais escurecida. Caso você precise se expor, evite o sol das 10h as 16h e use protetor solar.

Tagged with:
 

Saiba tudo sobre silicone para coxas em 5 itens

On 16 de Abril de 2012, in Procedimentos, by cirurgiaplastica
0

O implante de silicone nas coxas é simples de ser feito. Saiba os detalhes da cirurgia em 5 itens:

Como é colocado?
Um corte da dobra do bumbum é feito e a prótese é inserida bem no meio do músculo.

Quanto tempo dura?
O procedimento dura em torno de 1 hora e meia.

Qual o tipo de anestesia?
Pode ser raquidiana ou peridural.

Porque a prótese é colocada no meio do músculo?
O músculo é o lugar que melhor garante a fixação da prótese, já que, com o passar do tempo, o organismo forma um tecido fibroso naturalmente, o que manterá o silicone no lugar.

Como é o pós-cirúrgico?
Recomenda-se não pegar peso durante, pelo menos, 10 dias, que é quando as atividades diárias podem ser retomadas. Já os exercícios físicas são liberados depois de um mês, mas de forma progressiva.

Tagged with:
 

Plástica pós-parto: em busca do corpo ideal

On 28 de Março de 2012, in Procedimentos, by cirurgiaplastica
0

Depois de ter o filho, a maioria das mulheres quer voltar à forma física de antes ou até ficar melhor, mas antes de se submeter a cirurgia plástica, veja algumas informações.

A cirurgia deve ser realizada, no mínimo, entre 8 e 12 meses depois do nascimento do bebê, mas só se a paciente já estiver com o peso próximo do ideal.

Entre os procedimentos mais procurados está a correção da mama (que geralmente apresenta flacidez por conta do aumento e diminuição de tamanho em pouco tempo), juntamente com o implante de silicone (já que as mães descobriram como é ter seios maiores). A plástica na mama só pode ser feita 3 meses após o termino da amamentação.

Quando se trata do abdome, as gorduras localizadas podem ser retiradas com lipoaspiração e a flacidez com abdominoplastia, mas a paciente deve estar preparada para o pós cirúrgico já que poderá precisar de cuidados especiais, além de ter que cuidar do bebê.

Atividade física após Lipoaspiração e Silicone

On 27 de Março de 2012, in Entrevistas, by cirurgiaplastica
0

Depois de fazer a cirurgia, é importante não ficar parado. Exercitar-se ajuda a reduzir o inchaço e gastar calorias extras, mas deve ser feita de forma gradual. Em média, recomenda-se começar após duas semanas de forma leve, com caminhadas, por exemplo.

Lipoaspiação

Cerca de 30 dias depois já é possível voltar a fazer exercícios físicos e em 3 meses, pegar sol. O uso da cinta compreensiva é recomendado de 2 a 3 meses, já a drenagem linfática permite acelerar a recuperação, melhorando a circulação e diminuindo os edemas.

 

Silicone

A bike ergométrica é a amiga número um das mulheres que acabaram de pôr silicone na mama. Ela passa a ser opção depois de 3 semanas, mas o tórax e braço precisam ficar parados. Atividades que utilizam o braço de forma intensa, como natação, musculação, corrida, tênis, vôlei, etc., só podem ser praticados após 2 meses.

Tagged with:
 

Cuidados pós operatórios

On 22 de Março de 2012, in Procedimentos, by cirurgiaplastica
0

Agora que você já sabe sobre os cuidados pré operatórios, é hora de conhecer os cuidados á serem tomados depois da cirurgia. É preciso seguir as recomendações na risca para  evitar cicatrizes, infamações e inchaços.

- Repouso;

- Siga as instruções dos médicos para movimentos na área operada;

- Medicamentos e dor: pergunte para seu medico quais remédios você pode tomar em caso de dor e tome nos horários certos;

- Curativos: volte ao hospital ou clinica para troca de curativos nos dias agendados;

- Alimentações leves;

- Veja com seu medico como será o procedimento de banho. Se a recomendação for não lavar o local, não lave;

- Veja se você pode fazer tratamento de drenagem linfática na área para evitar hematomas;

- Use cintas sempre que for possível e indicado;

- Não se preocupe com as formas intermediarias;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tagged with: